Coxim, MS
21 de setembro de 2020
Plantão
67 9 9659 6042

Pacotes com sementes estão sendo enviados sem remetente pelo correios e governo alerta sobre perigo de doenças

Sementes podem conter doenças – Divulgação

Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja-MS) registrou recebimento, via Correios, de pacotes contendo sementes não solicitadas, em residências de Campo Grande e Dourados.

A orientação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) neste tipo de situação é para ter cuidado e não abrir as encomendas que chegarem sem seu conhecimento.

“A importação de vegetais sem autorização pode facilitar a entrada de pragas ou doenças que não existem ou estão erradicadas no país, além de causar prejuízos econômicos”, alertou, em nota, o Mapa.

Caso não tenha feito compra on-line ou não reconheça o remetente do pacote que receber pelo correio, entre em contato com a Superintendência Federal de Agricultura (SFA-MS), pelo telefone (67) 3041-9319.

O pacote deverão ser deixados na Rua Dom Aquino 2696, centro de Campo Grande.

Os primeiros registros da prática foram registradas nos Estados Unidos. Segundo informações do órgão de defesa agropecuária americano (APHIS-USDA) enviadas ao Mapa, o caso está sob investigação em conjunto com outras agências de segurança.

As evidências apontam para uma ação conhecida como brushing scam, estratégia usada no comércio eletrônico para aumentar as classificações de um vendedor, criando pedidos falsos.

print

Comments

comments