Coxim, MS
4 de julho de 2020
Plantão
67 9 9659 6042

Supermercados vão parar de vender produtos de cocos colhidos por macacos

Foto: Ilustrativa

As redes supermercadistas do Reino Unido estão sendo pressionadas para remover os produtos derivados de cocos que são colhidos por macacos na Tailândia. A organização People for the Ethical Treatment of Animals (Peta) revelou que os animais são tirados da natureza e treinados para coletar até 1 mil cocos por dia.

O grupo de defesa dos direitos dos animais disse, em reportagem da BBC, que os macacos na Tailândia são tratados como “máquinas de colheita de coco”. Em resposta, as redes Waitrose, Ocado, Co-op e Boots prometeram parar de vender esses produtos.

A Morrisons afirmou que já havia removido produtos feitos com cocos colhidos por macacos de suas prateleiras. A Sainsbury’s e Asda disseram à BBC que estão investigando os seus fornecedores e que não toleram abuso de animais.

Em uma publicação no Twitter na última semana, a noiva do primeiro-ministro do Reino Unido, Carrie Symonds, pediu para que todos os supermercados boicotem os produtos. Symonds, em outra publicação, cobrou um posicionamento da Tesco. Um porta-voz da rede supermercadista disse à BBC que os seus produtos de marca própria – leite e água de coco – não usam trabalho de macaco em sua produção.

A Peta disse ter encontrado oito fazendas na Tailândia, nas quais os macacos foram forçados a colher cocos para exportar para todo o mundo. A agência também descobriu “escolas de macacos”, onde os animais eram treinados para colher frutas, andar de bicicleta ou jogar basquete para o entretenimento dos turistas.

A organização está pedindo “às pessoas decentes” que não apoiem o uso do trabalho de macacos e evitem produtos de coco da Tailândia.

print

Comments

comments