Coxim, MS
27 de outubro de 2017
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Vestibular volta na UFMS e alunos podem entrar por 3 formas diferentes em 2021

Foto: Maikon Leal

Depois de decidir que a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) não será mais uma instituição de ingresso 100% pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada), a universidade organiza agora mais dois métodos de processo seletivo. A ideia é que no ano de 2021, interessados em cursar graduação na universidade possam entrar por meio de três processos seletivos.

Independente do processo escolhido pelo aluno, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) continuará sendo obrigatório, isso porque não haverá prova de redação nos novos processos seletivos.

Já no próximo ano, além do Sisu, a UFMS voltará a colocar em prática o vestibular, método extinto em 2010. Datas e detalhes do processo ainda serão definidos em reunião com o conselho de graduação, no mês de novembro.

De acordo com o pró-reitor de graduação, Ruy Caetano, a ideia é que as provas sejam realizadas em todos os campus da universidade, mas cursos com mais disputa, como Medicina e Direito, deverão ter avaliações concentradas em Campo Grande e em mais uma cidade do interior por medida de segurança.

Também a partir de 2018, iniciará a terceira “porta” para entrada na UFMS. O PASSE (Processo de Avaliação Seriado e Seletivo) é um método que contará com três provas divididas nos três anos do Ensino Médio. Ao final de cada ano, os alunos fazem as provas e as pontuações vão sendo somadas. Não haverá avaliação de redação, que fica exclusiva ao processo do Enem.

Com o processo valendo a partir do ano que vem, em 2021 ingressarão na universidade alunos que foram aprovados no PASSE. De acordo com a UFMS, no ano que vem 70% das vagas serão oferecidas para aprovados pelo Sisu e 30% pelo vestibular.

A proporção a partir do ano de 2021, com três métodos seletivos, ainda está sendo estudada. Os interessados poderão ser submetidos aos três processos seletivos simultaneamente para tentar uma vaga na universidade.

O ingresso na universidade por meio de cotas permanece garantido. No ano que vem serão ofertadas 4,6 mil vagas. Atualmente, em todos os campi da UFMS são 19 mil alunos.

Imprimir

Comentários