Coxim, MS
9 de Maio de 2018
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Uber autônomo que matou ciclista teria ignorado obstáculo

UBER PREFERIU NÃO COMENTAR AS NOVAS INFORMAÇÕES/ DIVULGAÇÃO

O acidente envolvendo um carro autônomo da Uber que matou uma ciclista de 49 anos nos Estados Unidos em março pode ter ocorrido por uma grave falha no software. De acordo com o site The Information, o sistema teria detectado um obstáculo na via, mas optou por ignorar.

A vítima teria sido classificada pelos sensores do veículo como “falso positivo”. Ou seja, a pedestre seria um objeto que não representa ameaça, tal qual um saco plástico, por exemplo. Os critérios de classificação de obstáculo são usados em diversos sistemas autônomos.

A Uber preferiu não comentar às informações da publicação. Segundo a empresa, qualquer declaração poderia interferir nas análises em curso do National Transport Safety Board (NTSB), órgão americano responsável pela investigação de acidentes.

O caso fez a Uber suspender seus testes com veículos autônomos nos Estados Unidos e no Canadá. Além disso, a empresa contratou um ex-presidente do NTSB para assessorar o processo de investigação.

Imprimir

Comentários