Coxim, MS
22 de junho de 2017
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Tio e sobrinhos mataram homem a pedradas por dívida de R$ 650 de arma de brinquedo

Tio e sobrinhos são presos após matarem a pedradas homem por não pagar dívida de R$ 650 (Foto: Arlindo Florentino)

Após assassinarem a pedradas Rosinaldo Sérgio de Campos de 33 anos, no Bairro Santa Luzia, em Campo Grande, por causa de uma dívida de R$ 650 da venda de um simulacro de revólver foram presos Aldo da Silva Paim de 23 anos, Thierry Fernando Paim de 20 anos, e Maikon Willian Paim de 19 anos.

A polícia chegou a Thierry e Aldo pelas imagens das câmeras de segurança que flagraram o momento do crime. Eles foram ouvidos e liberados, mas foi pedida a prisão do sobrinho e tio e na noite desta quarta-feira (21) Maikon foi preso pela polícia.

Inicialmente Aldo disse ter agido sozinho, mas depois confirmou a participação dos sobrinhos no crime. Em depoimento Maikon disse que teria tentado defender o tio de ser roubado pela vítima, que queria levar seu relógio.

Versão confirmada por Aldo, mas contestada pelo delegado que cuida do caso Luciano Weber, da 2º Delegacia de Polícia Civil da cidade, o crime segundo o delegado teria acontecido por causa de uma dívida que Rosinaldo tinha com Thierry.

Thierry teria vendido um simulacro de revólver para Rosinaldo que não pagou e no momento da cobrança da dívida eles mataram a vítima a pedradas. “A vida é o maior bem de uma pessoa, e a crueldade deste crime impressionou a todos”, disse Weber.

O crime

Rosinaldo Sérgio de Campo de 33 anos foi assassinado no dia 11 de junho a pedradas, no Bairro Santa Luzia, em Campo Grande. A vítima foi encontrada caída com vários ferimentos no rosto. Câmeras de segurança registraram o momento do crime. As imagens mostram a vítima sendo derrubada pelo trio e em seguida brutalmente espancada e apedrejada.

Imprimir

Comentários