Coxim, MS
11 de janeiro de 2018
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

ROTAI localiza revólver que seria de suspeitos de tráfico de drogas presos no Senhor Divino

Foto: Maikon Leal

Em continuação a ocorrência da prisão dos gêmeos Maickon Douglas Correa Vilhalva, de 22 anos “Geminho” e Maiken Henrique Correa Vilhalva, de 22 anos “Riquinho” realizada na noite desta quarta-feira (10), na rua Frei Cirino João Primon, no bairro Senhor Divino, a ROTAI (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior) localizou um revólver de calibre .38 na residência vizinha.

Os militares receberam uma denúncia de que quando os gêmeos viram a viatura abordando a motocicleta correram até a casa da vizinha e esconderam a arma.

Durante revista na residência indicada foi encontrado no meio de sacos de lixos dentro da varanda dos fundos um revolver .38 com carga plena intacta.

A moradora que teve a identidade preservada, informou que chegou a ouvir uma correria no fundo de seu quintal, mas ao verificar não viu ninguém no local.

A arma foi apreendida e encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim para que fossem tomadas as providências.

A prisão – Maickon Douglas Correa Vilhalva, de 22 anos, mais conhecido como “Geminho” foi preso na noite desta quarta-feira (11) pela ROTAI (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior) suspeito de tráfico de drogas juntamente com seu irmão Maiken Henrique Correa Vilhalva, de 22 anos, identificado como “Riquinho”, além do tio deles Luiz Antônio Dos Santos, de 56 anos, mais conhecido como “Luizinho”, que impediu o trabalho dos policiais.

Os militares realizavam rondas nas proximidades quando se depararam com uma motocicleta conduzida por Gladison Carlos de Sena Silva, de 21 anos, que levava na garupa Amauri Douglas dos Santos, de 39 anos, mais conhecido como “Boroca” com quem foi encontrado um invólucro contendo 10 paradinhas de pasta base de cocaína, que estava em sua boca.

Quando os policiais perguntaram de quem seria a droga, “Boroca” respondeu que era para seu próprio consumo e que havia acabado de pegar  com “Geminho”.

A ROTAI foi até a residência e encontrou “Geminho” e “Riquinho”, que tentaram impedir a entrada dos policiais, alegando que não estavam fazendo nada de errado, no entanto acabaram sendo contidos e algemados devido a resistência.

Momentos depois os militares foram obrigados a deter Luiz Antônio que partiu pra cima da guarnição com socos e ponta pés na tentativa de impedir que os autores fossem presos.

Durante buscas no interior da residência, foram encontradas três facas, três aparelhos de celulares, um tablet, uma luneta, aproximadamente R$240,00 em dinheiro e no interior de um berço aparentemente sem utilidade cheio de roupas e brinquedos foi localizado um tablete de maconha que mede aproximadamente 20 cm de comprimento por 10 cm de largura, caracterizando o tráfico de drogas.

Foto: Coxim Agora
Imprimir

Comentários