Coxim, MS
6 de outubro de 2020
Plantão
67 9 9659 6042

Polícia Civil fecha de boca de fumo, prende seis e apreende adolescente em Rio Verde

Foto: Polícia Civil

Dois homens, duas mulheres foram presas e uma adolescente de 16 anos foi apreendida pela Polícia Civil na última sexta-feira (02) por tráfico de drogas, em Rio Verde de Mato Grosso (MS).

Conforme informações obtidas pelo Coxim Agora, a Polícia Civil recebeu informações de que em uma residência diversos integrantes de organização criminosa estariam fracionando e embalando grande quantidade de entorpecentes que havia recém chegado em Rio Verde.

Em diligências no local, os policiais civis confirmaram a informação e visualizaram os envolvidos manuseando a droga, quando foram abordados e o imóvel revistado.

No total foram apreendidos aproximadamente 3.3kg de maconha e 100 gramas de cocaína, com alto valor de revenda, além de diversos petrechos para separação da droga, como 3 balanças, colheres e facas ainda com resquícios do entorpecente.

Foi apurado pela equipe policial que uma mulher, acompanhada de sua irmã adolescente, trouxeram a droga da cidade de Campo Grande para membros de organização criminosa, que, depois de fracionadas em porções, repartiriam o entorpecente e iniciariam as vendas.

Segundo o delegado Gabriel Cardoso Gonçalves Barroso, “a investida policial acarretou em um grande corte nas finanças do tráfico doméstico, que sofreu verdadeiro prejuízo com as apreensões ocorridas, pois, certamente, a quantidade existente abasteceria diversos pontos de droga na cidade”. Barroso destacou que essa “é mais uma atuação exitosa da Delegacia de Polícia de Rio Verde, que, nos últimos meses, vem efetuando a prisão de diversos traficantes de drogas graças a participação da sociedade ao denunciar esses crimes”.

A operação policial resultou na prisão em flagrante de 4 homens, 2 mulheres e apreensão uma adolescente de 16 anos, sendo representada a prisão preventiva de todos os envolvidos, que aguardam a decisão custodiados nas celas da Unidade. A atuação também contou com o apoio da Polícia Militar.

Foto: Polícia Civil
print

Comments

comments