Coxim, MS
7 de dezembro de 2017
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Nas tarefas domésticas, os homens se limitam aos pequenos reparos

Além de quantificar situação facilmente perceptível no dia a dia – a predominância de mulheres nos afazeres domésticos –, a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) também mostra que ainda é acentuada a divisão sexual de tarefas do lar: a eles cabem os consertos e a elas, todos os demais serviços. Em Mato Grosso do Sul, o número de mulheres supera em 28% a quantidade de homens que fazem algum tipo de trabalho em casa.

A pesquisa, divulgada nesta quinta-feira (7) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), verificou que em apenas uma atividade há participação maior dos homens. Trata-se de “pequenos reparos ou manutenção do domicílio, do automóvel, de eletrodomésticos, entre outros”. Neste caso, são 719.618 homens e 469.935 mulheres. Termina aqui a presença acentuada deles nos trabalhos do lar.

As demais atividades são todas feitas mais por elas que por eles. O destaque é a tarefa de “preparar ou servir alimentos, arrumar a mesa ou lavar louça”, que é realizada por 968.628 mulheres, mais que o dobro da quantidade de homens do Estado fazendo esses serviços. Eles totalizaram, no ano passado, 458.503 pessoas.

Elas também são, em maior número, as que pagam as contas e realizam outras tarefas relativas à administração da casa. Fazendo esse tipo de trabalho, havia 719.618 mulheres e 469.935 homens em Mato Grosso do Sul no ano passado.

Até aos pets, elas dedicam atenção maior. Segundo o IBGE, a atividade de “cuidar dos animais domésticos” era feita por 719.618 mulheres, 126% a mais que os homens (317,5 mil).

Na demais tarefas domésticas consideradas na pesquisa, as distribuições entre os sexos, verificadas em Mato Grosso do Sul, foram as seguintes: “cuidar da limpeza ou manutenção de roupas e sapatos” (882.933 mulheres e 376.282 homens), “limpar ou arrumar o domicílio, a garagem, o quintal ou o jardim” (800.053 mulheres e 537.715 homens) e “fazer compras ou pesquisar preços de bens para o domicílio” (766.427 mulheres e 495.420 homens).

Imprimir

Comentários