Coxim, MS
3 de junho de 2018
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Marun faz postagem contra fake news e acusa grupo de radicais e infiltrados

Na avaliação de Marun, os motivos que levaram os caminhoneiros à greve não existem mais – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, postou hoje em sua página no Facebook uma campanha contra as fake news.

Com a imagem dizendo “não seja um propagador de mentiras”, “antes de compartilhar algo, pesquise , leia, informe-se , apure” e “é fácil, é justo, é digno”, ele mandou um recado para a população.

A intenção era principalmente atingir “radicais” tentam organizar, pelo WhatsApp, uma retomada da greve dos caminhoneiros. No texto ele explica de onde serão retirados os recursos para conceder o desconto de R$ 0,46 por litro de óleo diesel.

“Trata-se de valores que faziam parte de uma reserva de contingência, que estavam bloqueados. Não vamos cortar nada do que já estava previsto. Radicais ainda tentam mergulhar o país no caos. Mas, a greve acabou. Não vamos deixar nos enganar”, afirma.

Marun ainda chama de “infiltrados” as pessoas que tentam se aproveitar do movimento para se promover e espalhar mentiras. “Os caminhoneiros de verdade voltaram ao trabalho. É hora de seguirmos em frente”.

Imprimir

Comentários