Coxim, MS
20 de janeiro de 2021
Plantão
67 9 9659 6042

Autoridades de Sergipe e Pernambuco furam fila da vacina e revoltam cidades do Nordeste

Na primeira semana da chegada da vacina contra a Covid-19 no Brasil, autoridades de Sergipe e Pernambuco já furaram filas e geraram revolta entre os habitantes dos estados.

Na cidade de Itabi, em Sergipe, o prefeito Júnior de Amynthas (DEM) quebrou o protocolo e já se vacinou. Segundo apurado pela Record TV, ele não faz parte de qualquer grupo prioritário.

O Ministério Público Federal notificou Júnior e exigiu explicações imediatas sobre o caso. O prefeito poderá responder pelo crime de prevaricação, com pena prevista de três meses a um ano.

Já no município de Jupi, no Pernambuco, a secretária de saúde e o fotógrafo oficial da prefeitura também são investigados por furarem a fila da vacina. O fotógrafo fez publicações nas redes sociais, nas quais teria recebido a dose do imunizante, embora não pertença aos grupos de risco. Nas imagens, Maria Nadir Ferro, responsável pela pasta da saúde, também aparece junto do retratista.

O Ministério Público investiga o caso, mas após a repercussão o retratista se defendeu afirmando que aquilo se tratava apenas de uma brincadeira.

Em Natal, no Rio Grande do Norte, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) avisou que seria o primeiro vacinado contra a Covid-19 no Estado, porém, devido a repercussão negativa, ele voltou atrás em sua decisão.

print

Comments

comments