Coxim, MS
12 de julho de 2018
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Ex-funcionário da Apple é detido sob acusação de roubar segredos comerciais

Foto: Divulgação

Um ex-funcionário da Apple foi detido nos Estados Unidos, sob a acusação de autoridades americanas de que ele teria roubado documentos confidenciais a respeito de um modelo de carro autônomo da gigante de Cupertino.

Segundo informações da Reuters, Xiaolang Zhang reservou um voo de última hora para a China e, depois de baixar o plano de uma placa circuito para o carro autônomo, teria tentado fugir. Os policiais o deteram no aeroporto de San Jose no dia 7 de julho após ele passar por um posto de segurança.

O ex-funcionário ainda teria divulgado intenções de trabalhar para uma startup chinesa de veículos autônomos. A Apple não comentou o assunto, tampouco a advogada nomeada provisoriamente para representar Zhang.

Segredos comerciais que correm no Vale do Silício podem valer milhões dado o potencial comercial de uma tecnologia. Um dos casos recentes mais emblemáticos também diz respeito à nascente indústria de carros autônomos, no caso uma batalha travada entre a Waymo – empresa da Alphabet e que detém o Google – e o Uber. A primeira acusava a segunda de se beneficiar de segredos comercias quando a Uber comprou a startup Otto, fundada por um ex-funcionário da casa. Na época, a Waymo alegou que o engenheiro Anthony Levandowski levou consigo um volume de 14 mil arquivos, incluindo informações sigilosas sobre desenvolvimento de sensores e lasers que equipam seus veículos de teste.

Ainda não há nenhum anúncio oficial da Apple sobre intenções de ter um carro autônomo para chamar de seu. Do que se sabe até agora é que a mesma fabricante dos iPhones concentra esforços para desenvolver sistemas que alimentem futuros carros para guiarem sozinhos.

Imprimir

Comentários