Coxim, MS
12 de Janeiro de 2018
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Europa promove campanha contra propaganda terrorista na internet

A Europol, agência do serviço europeu de polícia, lançou uma campanha para identificação e remoção rápida de conteúdo de extremismo terrorista e violento carregado no Facebook e Instagram. A agência, que tem como objetivo a aplicação das leis da União Europeia (UE) no combate ao crime organizado internacional, realizou na quinta-feira (11) o oitavo Dia de Ação de Referência (Referral Action Day, em inglês), uma força-tarefa conjunta com diversos países na luta contra a divulgação de propaganda terrorista.

A campanha intensiva foi organizada na sede da Europol, em Haia, e visou o conteúdo de grupos terroristas e simpatizantes do terrorismo, cujas mensagens têm o objetivo de radicalizar, recrutar e propagar atividades terroristas.

As unidades policiais especializadas envolvidas na ação realizaram uma avaliação qualitativa de várias centenas de peças de propaganda terrorista suspeita, detectando padrões nas plataformas online, bem como tendências na disseminação de propaganda terrorista.

A Europol, em parceria com os serviços de polícia nacionais da União Europeia, cooperam com o Facebook no âmbito do Fórum Internet da UE, administrado pela Comissão da UE, com o objetivo de restringir a disponibilidade de conteúdos que promovam o terrorismo ou incitem a violência.

O Facebook participou dessa ação conjunta em Haia, com o compromisso declarado de “remover terroristas e postagens que apoiam o terrorismo” assim que identificados e “tornar suas plataformas um lugar hostil para os terroristas”.

A remoção final do material é uma atividade voluntária das plataformas de mídia social em questão, como Facebook e Instagram, levando em consideração seus próprios termos e condições. A ação está focada principalmente na produção online de materiais terroristas pelos meios de comunicação afiliados do Estado Islâmico e da Al-Qaeda.

Para além dos Dias de Referência, ações conjuntas semelhantes, que envolvem Estados-Membros da UE e parceiros, continuarão a ser organizadas regularmente, de acordo com informações divulgadas no site da Europol.

Imprimir

Comentários