Coxim, MS
6 de dezembro de 2017
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Coxinense é eleita a 2ª mais bela transexual do País

Mikaelly Zanoto, um show de beleza e simpatia. (Foto: Arquivo Pessoal)

Na última segunda-feira (04) ocorreu em São Paulo o Miss Brasil Transex, um evento repleto de diversidade que elege a mais bela transexual do país. A sul-mato-grossense natural de Coxim, Mikaelly Zanotto, abrilhantou a noite com sua beleza e carisma conquistando o título de Vice Miss Brasil Transex, levando a coroa de primeiro lugar a Miss Rio Grande do Sul.

Para ser eleita dona de um dos rostos mais belos da noite, Mikaelly entrou na passarela por três vezes. Logo em sua entrada chamou a atenção dos jurados, no traje de banho, os jurados avaliaram o corpo e feminilidade das candidatas, na terceira aparição no palco, já com traje de gala, foram julgados a elegância, simpatia e postura das concorrentes.

Para a presidente da Associação de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais de Três Lagoas (AGLTT), Paula Martinelly, a jovem Miss de apenas 20 anos tem um papel importante para a representatividade e visibilidade da comunidade LGBT no Mato Grosso do Sul.

“Mikaelly levou o nome do nosso estado para a visibilidade da nossa cultura, arte, beleza e todo desenvolvimento do contexto transexual, que é a feminilidade, passarela, elegância, postura e a beleza de uma transexual tão perfeita e bonita”, afirma Paula.

Ainda segundo a presidente, Mikaelly honrou o estado por ser a candidata do MS que mais se aproximou do título para representar a beleza trans do Brasil.

“Ela concorreu esse ano à Miss MS e saiu vencedora, pretende executar trabalhos sociais, apoio às causas LGBT e pautas do seguimento transex, Mikaelly não só ficou feliz com o resultado, como também teve espírito competitivo, sem polêmicas por ter perdido ou algo dessa natureza”, finaliza.

Imprimir

Comentários