Coxim, MS
20 de fevereiro de 2021
Plantão
67 9 9659 6042

Após furto de antena parabólica, cães agilizam o trabalho e PM fecha “boca de fumo” em Coxim

Foto: 5º BPM / Divulgação

A população de Coxim tem que dar os parabéns a dois animais que contribuem todos os dias para o melhoramento da nossa sociedade, os cães Airon e Scott do Canil do 5º Batalhão de Polícia Militar vêm se destacando e fazendo um brilhante serviço policial.

Na noite desta sexta-feira (19) Airon e Scott não só foram fundamentais para encontrar drogas numa residência, mas também foram importantes para imobilizar um traficante conhecido da polícia que teve sua “boca de fumo” cancelada.

Ozias Gomes de Lima de 50 anos, foi preso suspeito de tráfico de drogas e Grenner Yukio Taniguti, de 25 anos, suspeito de furto, na noite de ontem, na rua Manoel Ferreira, próximo ao Hospital da CASSEMS, em Coxim.

Conforme informações, uma moradora acionou a PM informando que sua casa havia sido furtada, imediatamente os militares foram até a residência onde a vítima informou que um vizinho teria visto um rapaz de cor morena usando bermuda e boné saindo de seu quintal com sua antena parabólica utilizando um carrinho de mão para transportá-la, em seguida, o suspeito teria entrado numa “boca de fumo”, bastante conhecida no meio policial.

Os policiais foram até a “boca de fumo”, onde visualizaram o suspeito com as mesmas características repassadas pelo vizinho da vítima, assim que viu os militares, Grenner tentou fugir pela lateral da residência, ele foi detido e devido a recusa da abordagem foi contido e algemado.

Após ser detido, Taniguti admitiu ter furtado a antena parabólica para trocar por drogas e que também possuía uma extensa ficha criminal pelos crimes de furto, roubo, receptação e tráfico de drogas em Coxim.

No interior da casa, os policiais encontraram Ozias que também já possui diversas passagens pelo crime de tráfico de drogas, os militares solicitaram apoio do Canil do 5º BPM, uma vez os cães Airon e Scott no local, conseguiram encontrar próximo a um pé de angico enterrado, 3 porções de pedras de pasta base de cocaína e um facão, durante revista corporal em Ozias, foram encontrados R$402 reais em dinheiro, provavelmente proveniente do tráfico.

No momento em que os policiais desenterravam as drogas, Ozias tentou fugir pelo mato, tendo que ser detido e ficando sob a guarda do cão Airon que o conteve pelo braço até que os militares o algemassem.

Os autores foram conduzidos primeiramente ao Hospital Regional Álvaro Fontoura Silva, sendo que somente Ozias aceitou atendimento médico devido ao ferimento no braço, já Grenner acabou recusando ser atendido.

Depois dos procedimentos médicos, os dois foram encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim juntamente com a droga e a antena parabólica furtada.

print

Comments

comments