Coxim, MS
7 de dezembro de 2017
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Azambuja se reúne com Eliseu Padilha e cobra R$ 125 milhões para MS

Midiamax

Em sua passagem por Brasília, o governador Reinaldo Azambuja, juntamente com os governadores de Goiás, Marconi Perillo, e de Mato Grosso, Pedro Taques, todos do PSDB, se reuniu com o ministro da Casa Civil da Presidência República, Eliseu Padilha (PMDB), na noite de ontem, quarta-feira (6), e cobrou repasses milionários para o Estado.

Ao todo, o governador requereu da União o repasse para Mato Grosso do Sul de R$ 125 milhões.

A maior parte do valor, R$ 80 milhões, dizem respeito a recursos do FEX (Fundo de Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações), referente às exportações do Estado. Azambuja disse que desde outubro de 2016 a União não faz repasses do fundo para MS.

Cabe ao Governo Federal repassar aos Estados exportadores, recursos do FEX, que foi criado para compensar os estados pelas perdas com a Lei Kandir, que isenta de ICMS produtos de exportação.

Os outros R$ 45 milhões são recursos do Ministério da Sáude, que precisam do aval da União para liberação. Deste total, R$ 30 milhões devem ser usados para equipar hospitais de Três Lagoas, Corumbá, Dourados e Campo Grande (Hospital do Trauma e Hospital de Câncer), e o restante para o custeio das unidades públicas de saúde.

Imprimir

Comentários