Coxim, MS
17 de Fevereiro de 2018
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Afastado por racismo, William Waack pode comandar o Roda Viva

O ex-âncora da Rede Globo, William Waack, que deixou a emissora no ano passado, é um dos nomes cotados para ocupar o programa Roda Viva, na TV Cultura, a partir de abril. Ele deve assumir o posto do jornalista Augusto Nunes.

Nunes terá seu contrato com a TV Cutlrua vencido já no próximo mês de março. Foi o próprio jornalista quem indicou Waak para o presidente da Fundação Padre Anchieta, Marcos Mendonça, para substitui-lo.

Waack foi afastado da Rede Globo ao fim do ano passado, após começar a circular na internet um vídeo em que o jornalista era flagrado fazendo ofensas racistas, durante a cobertura das eleições dos Estados Unidos.

No vídeo, Waack se prepara para entrar ao vivo quando um motorista passa pela rua buzinando. “Está buzinando por que, seu merda do cacete?”, reclama o Waack, se virando para o colega Paulo Sotero, ao seu lado.

“Deve ser um, com certeza, não vou nem falar de quem, eu sei quem é. Sabe o que é?”, pergunta Waack para o colega. Sotero aparenta confuso com o comentário, ao que Waack completa em um palavra quase inaudível, falando “preto” em tom pejorativo.

O Roda Viva está no ar há 32 anos ininterruptos, sendo o programa de entrevistas mais longo da televisão brasileira. Doze jornalistas já estiveram na direção do programa ao longo dessas três décadas.

Imprimir

Comentários