Coxim, MS
11 de julho de 2018
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

A cada 24 horas, 150 casos de furto de energia são confirmados em Campo Grande

São 300 denúncias por dia na Capital – Foto: Álvaro Rezende/Correio do Estado

A cada 24 horas, a Energisa recebe 300 denúncias e confirma 150 casos de furto de energia em Campo Grande.  O número foi divulgado na manhã, desta quarta-feira (11), pelo gerente de combates e perdas da empresa, Ercílio Diniz Flores,  durante operação de combate a este tipo de crime na região das Moreninhas.

Ainda segundo o gerente, o índice de queda na tarifa dos consumidores em relação ao flagrante das irregularidades de 2017 a 2018, caiu 3%. Mesmo assim, o gerente aponta que o prejuízo estimado anualmente é de R$ 1,5 milhões.

Operação

Dois estabelecimentos suspeitos foram autuados no início da operação que teve apoio da Polícia Civil. O primeiro, foi uma borracharia localizada na Rua Jaguariúna e o padrão estava totalmente danificado, dificultando a medição. A perícia fez a vistoria e constatou o furto da energia. Outro comércio, uma academia na Rua Mambaré foi constatado a adulteração no padrão e o proprietário do estabelecimento foi encaminhado até a delegacia para prestar esclarecimentos.

Nessa operação, a empresa pretende fiscalizar 40 pontos na região das Moreninhas ainda hoje, no entanto, de acordo com Ercílio, se caso eles não conseguirem ir até os 40, o mínimo é que 15 pontos sejam fiscalizados.

De acordo com o Delegado da 4ª Delegacia de Polícia, Thiago Macedo, independente de flagrante, o proprietário do comércio ou da residência será conduzido para a delegacia para prestar esclarecimentos. “Vai ser aberto o inquérito para crimes de furto qualificado ou estelionato. Se for constatado o aumento significativo, o proprietário pode ser detido”, finalizou.

A pena para esses crimes é de 2 à 8 anos para furto qualificado e 1 à 5 anos para estelionato.

Imprimir

Comentários