Coxim, MS
27 de março de 2020
Plantão
67 9 9659 6042

Como a Economia Digital influencia os negócios

HomeOffice | Banco de imagens

Você conhece alguém que nunca efetuou alguma compra online? Conhece alguém que trabalha no regime Home Office? Ou já imaginou alguma empresa que hoje em dia não tem site?

As lojas virtuais, o Home Office e a criação de um site para melhorar a presença online de uma empresa, tudo isso (e mais um pouco) é o reflexo da economia digital influenciando nos negócios atuais.

No presente momento vivemos na era digital. Ou seja, aplicativos, blogs, smartphones e outros recursos tecnológicos atuam no nosso cotidiano, criando assim o cenário ideal para surgir a Economia Digital.

O que é a Economia Digital e a sua influência

A Economia Digital consiste em técnicas e recursos caracterizados pela utilização de ferramentas tecnológicas capazes de otimizar o negócio, agilizando vendas e atendimentos ao cliente. Para isso, softwares de controle e gestão, Inteligência Artificial e outras tecnologias são envolvidas.

De uma forma geral, a Economia Digital pode influenciar os negócios como um todo. Essa influência pode ser vista nas estratégias utilizadas para interagir com o público, no cotidiano das empresas, na divulgação dos produtos e até no modo como os clientes compram as mercadorias.

O uso dos smartphones e outros dispositivos móveis, por exemplo, possibilitam que os clientes pesquisem produtos e serviços sempre que possível. Sendo assim, a informação literalmente está na palma da mão do consumidor.

Isso acaba influenciando na maneira que a empresa apresenta o produto, na comunicação com o público e na administração dos negócios de uma forma geral.

Não se fazem mais negócios como antigamente

Se até há alguns anos ter um site era um dos últimos itens na lista de quem ia abrir um negócio, hoje em dia a situação já é bem diferente. Quem tem a ideia de investir em um negócio já deve ir pensando no registro de domínio e na criação de um site.

Com um domínio registrado o negócio ganha mais credibilidade, adquire uma cara mais profissional e mostra para o consumidor que há uma evidente preocupação com um serviço bem feito. Já o site facilita no contato, na interação e na presença online.

Não é apenas na necessidade de criar um site que a Economia Digital influencia nos negócios. É possível detectar outros aspectos interessantes, como nos exemplos abaixo.

O crescimento da Economia Compartilhada

Esse tipo de economia, conforme o próprio nome indica, é baseado no compartilhamento de recursos humanos, físicos ou intelectuais. Um exemplo disso são os serviços que dão a opção para o cliente não comprar o produto ou serviço, mas alugá-lo.

Você já ouviu falar na plataforma conhecida como o Airbnb? Esse é um exemplo de Economia Compartilhada. No Airbnb um imóvel é disponibilizado para o aluguel de curta temporada.

Não preciso nem dizer que isso influencia também no setor de hotel, turismo e outros segmentos, não é mesmo?

O atendimento online

Esqueça por alguns instantes o que você viu nos filmes de ficção científica quando o assunto é Inteligência Artificial. Se na maioria das vezes a cultura pop mostra a IA na forma de máquinas revoltadas contra os seres humanos, na prática, a situação é menos drástica.

A Inteligência Artificial é utilizada no atendimento em lojas virtuais por meio de um recurso conhecido como Chatbot. Se um e-commerce é uma loja que fica aberta 24h por dia e recebe acessos a qualquer instante, o Chatbot garante que nenhum cliente ficará sem atendimento.

Ele funciona por meio de respostas programadas que podem sanar várias dúvidas dos clientes, tanto sobre produtos, quanto preços, métodos de entregas e prazos.

A utilização das redes sociais

Rede social não é apenas o local destinado para memes e entretenimento. Hoje em dia quem tem um negócio pode utilizar o recurso do Marketplace no Facebook, por exemplo. Além do mais, há o Instagram Business, que possui recursos destinados especialmente para o gerenciamento de negócios.

Há também o Google Meu Negócio, que facilita a divulgação de qualquer tipo de empresa, tanto as de pequeno quanto as de médio porte.

A disseminação do Home Office

As várias ferramentas digitais, como o Wrike, o Skype e o Trello já permitem que vários profissionais (não apenas os freelancers) possam realizar as suas atividades sem sair de casa.

No caso das empresas, o “Escritório em Casa” traz uma série de benefícios, entre eles a redução dos gastos com transporte e alimentação, já que os funcionários podem efetuar os seus serviços munidos apenas com um notebook e uma boa conexão com a internet.

A Economia Digital influencia os negócios de várias maneiras

Inclusive, não é raro ver o surgimento de novos tipos de negócios, pois as atuais ferramentas favorecem tais oportunidades.

Por esse motivo, é importante que empreendedores e aspirantes a empreendedores conheçam mais características sobre a Economia Digital, ficando por dentro de todas as possibilidades que ela proporciona.

print

Comments

comments