Coxim, MS
16 de março de 2020
Plantão
67 9 9659 6042

São Gabriel registra primeiro caso suspeito de coronavírus

Um caso suspeito de Covid-19 foi registrado em São Gabriel do Oeste, na região Norte do Estado e divulgado neste domingo (15) pela Secretaria Estadual de Saúde, ao todo são quatro casos suspeitos no Estado e dois confirmados.

A Fundação de Saúde Pública (Funsaúde) e Secretaria Municipal de Saúde de São Gabriel realizou o monitoramento do caso suspeito no município, conforme informações do site Idest.

De acordo com a secretaria de Saúde de São Gabriel do Oeste, o caso suspeito no município trata-se de uma paciente idosa que buscou atendimento em uma unidade de saúde da cidade após apresentar os sintomas do coronavírus. Ela estava em um cruzeiro e pode ter entrado em contato com um caso positivo da doença.

Através de nota de esclarecimento, a secretaria de Saúde revelou que a paciente esteve no Hospital José Valdir Antunes de Oliveira, onde foi avaliada por um médico e efetuou a coleta para o exame, sendo o material encaminhado para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), que atestou como Negativo para o covid-19.

“A Saúde da cidade também informa que vem tomando todas as medidas de prevenção em relação ao novo coronavírus; realizando exames em todos os pacientes que tenham histórico de passagem por áreas de risco e que apresentem sintomas da doença – febre, dificuldade para respirar, tosse ou coriza. Os pacientes são orientados ao isolamento social e ao tratamento domiciliar, enquanto aguardam o resultado do exame”, explicou em nota.

A pasta também aproveitou para ressaltar que casos suspeitos de coronavírus não devem alarmar a população, mas é importante que todos os cidadãos realizem os cuidados básicos de prevenção, como lavar as mãos com água e sabão, usar um antisséptico à base de álcool regularmente e evitar locais fechados com aglomeração.

A Prefeitura realizará uma reunião geral nesta segunda-feira (16) para definir estratégias contra o covid-19.

Os casos confirmados são: uma mulher de 23 anos que procurou a UPA Leblon no dia 12 de março e foi contaminada após contato com um caso positivo no Rio de Janeiro. O outro caso é de um homem de 31 anos que procurou a UPA Coronel Antonino no dia 12 de março, que chegou recentemente de Londres e manteve contato com um caso positivo em São Paulo. Os dois casos estão sendo monitorados.

print

Comments

comments