Coxim, MS
3 de dezembro de 2019
Plantão
67 9 9659 6042

MPT investiga causas de morte de trabalhador em silo de grãos em MS

Foto: Ilustrativa

O MPT-MS (Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso do Sul) investiga causas de acidente do trabalhador André Barbosa Campos, de 27 anos, que morreu soterrado em um silo enquanto trabalhava na cooperativa agrícola Copasul em Itaquiraí, ocorrida no último dia 18 de novembro.

Ainda de acordo com o MPT-MS, consta no inquérito inquérito policial, que a vítima encontrava-se no interior do silo número 6, executando trabalhos de movimentação de grãos de milho, quando afundou e faleceu em decorrência da sobrecarga do produto sobre seu corpo.

Ainda conforme o inquérito, no momento do acidente o trabalhador usava cinto de segurança modelo paraquedista, porém não havia corda presa ao ponto de engate dorsal, o que contraria regras fixadas em normas de saúde e segurança do trabalho.

O Ministério Público do Trabalho também notificou a Copasul para que se manifeste, no prazo de 10 dias, acerca do acidente de trabalho, apresentando documentação que comprove suas alegações e anexando ata da reunião de sua Comissão Interna de Prevenção de Acidentes sobre a fatalidade, relatório da investigação e cópia da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT)

Segundo o Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, ferramenta digital de cruzamento de dados públicos formulada pelo MPT e OIT Brasil, 623,8 mil acidentes de trabalho foram registrados no Brasil em 2018 (média de 72 por hora). Nesse período, 11,2 mil casos aconteceram em Mato Grosso do Sul (média de 30 por dia), sendo 32 com óbitos. Isso sem considerar os casos subnotificados, que correspondem àqueles sem CAT emitida.

print

Comments

comments