Coxim, MS
12 de junho de 2019
Plantão
67 9 9659 6042

Empresário é um dos presos em operação contra prefeitura

Promotores do Gaeco e policiais civis durante a ação nesta quarta – Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News

Policiais civis de Dourados cumpriram mandado de prisão temporária na manhã desta quarta-feira (12) contra o empresário Ademir Belarmino da Silva, durante operação que tem a prefeitura de Rio Brilhante como um dos alvos. Ele é proprietário de loja de comércio de móveis e de uma empresa de turismo.

Segundo apurado pelo portal ‘Dourados News’, a determinação partiu do juiz Jorge Tadashi Kuramoto e vale por cinco dias.

Os motivos da ação ainda são desconhecidos até para a defesa do empresário. A operação é comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Mato Grosso do Sul.

O prefeito de Rio Brilhante, Donato Lopes da Silva (PSDB), emitiu nota nesta manhã afirmando estar à disposição para esclarecimento dos fatos, porém, também não foi informado sobre do que se trata a operação.

Conforme informações preliminares, a ação teria como alvo processos licitatórios realizados em Rio Brilhante.

Além do empresário, investigadores apreenderam vários outros documentos em Dourados e também na prefeitura daquela cidade. Há viaturas em frente à sede do poder municipal.

Em Dourados há pessoas detidas. Computadores e documentos apreendidos na ação foram levados ao 1º Distrito Policial.

print

Comments

comments