Coxim, MS
28 de maio de 2019
Plantão
67 9 9659 6042

PMA apreende 3 caminhões carregados com 67 cabeças de gado produto de apropriação indébita no Pantanal

Foto: Divulgação / PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) do Grupamento do Buraco das Piranhas, na BR-262, na região do Passo do Lontra em Corumbá, receberam denúncias de que três caminhões estariam transportando gado, que teria sido furtado na região do Abobral no Pantanal e estaria seguindo pela Estrada Parque. Os policiais montaram um  bloqueio e abordaram os veículos que estavam carregados com 67 cabeças de gado.

Os três caminhoneiros disseram que somente pegaram o gado na fazenda e que não possuíam a nota fiscal e nem a guia sanitária dos animais (GTA). Um homem de 62, residente em Glória de Dourados, que estava junto, apresentou-se como comprador do gado. Pouco tempo depois, um homem de 40 anos, residente em Corumbá, apresentou-se como proprietário do gado.

Quando os policiais disseram que levaria todo mundo e o gado para a Delegacia de Polícia Civil, ambos disseram que tinha havido apenas um desacerto comercial e que eram parceiros.

Os dois pediram para que os policiais os deixassem ir embora com o gado, tendo em vista que não havia furto, porém, a PMA verificou que havia gado com até três marcas, bem como algumas cabeças que nem marcas possuíam.

Os veículos e o gado foram apreendidos, a agência de sanidade animal e vegetal (IAGRO) e a Secretaria de Fazenda do Estado, foram acionadas e confeccionaram multas aos autores pelas irregularidades fiscais e sanitárias.

Os militares conduziram os dois homens à Delegacia de Polícia Civil de Corumbá, bem como o material apreendido, para apuração da procedência do gado. O fato foi registrado inicialmente como apropriação indébita.

print

Comments

comments