Coxim, MS
18 de março de 2019
Plantão
67 9 9659 6042

‘Apaguem o Facebook’, pede criador do WhatsApp

co-fundador do WhatsApp, Brian Acton, pediu aos estudantes da Universidade de Stanford, nos EUA, que apagassem as suas contas no Facebook. Segundo o BuzzFeed News, este é um apelo que Acton já havia feito no ano passado. Contudo, Acton defendeu a decisão de vender o WhatsApp à tecnológica de Mark Zuckerberg.

“Voltamos a esta cultura de Silicon Valley e as pessoas dizem ‘Bem, você poderia não ter vendido [o WhatsApp]?’ e a resposta é: ‘não’. Tinha 50 funcionários e tinha que pensar neles e no dinheiro que fariam com esta venda. Tive que pensar nos nossos investidores e tive que pensar na minha participação minoritária. Não tinha a influência de dizer não mesmo se quisesse”, explicou Acton.

Enquanto se dirigiu aos alunos da Universidade de Stanford, Acton falou sobre a forma como as empresas tecnológicas tomam decisões sobre a moderação de conteúdo, apontando que todas têm dificuldade em fazê-lo.

“Para ser brutalmente honesto, as redes com curadoria – as redes abertas – têm dificuldades em decidir o que é ou não é discurso de ódio… A Apple tem dificuldade em decidir o que é um bom app ou um mau app. O Google com o que é um bom website ou um mau website. Estas empresas não estão equipadas para tomar estas decisões. E damos-lhes poder. Essa é a parte má. Compramos os seus produtos. Registramo-nos nestes websites. Apagar o Facebook, certo?”, declarou Acton.

print

Comments

comments