Coxim, MS
2 de janeiro de 2019
Plantão
67 9 9659 6042

Vazamento de gás assusta moradora na Vila São Paulo, Bombeiros alertam para risco de acidentes com botijão

Foto: Eduardo Santos

Um vazamento de gás deixou uma moradora de 40 anos bastante assustada por volta de 16h54min desta quarta-feira (02), na rua Brasil na Vila São Paulo, em Coxim.

O Corpo de Bombeiros foi acionado pela própria moradora após a mangueira do botijão de gás ter rompido, quando os militares chegaram ao local se depararam com o vazamento e realizaram apenas o fechamento do registro.

Segundo informações obtidas pelo Coxim Agora, o botijão de gás estava instalado de forma irregular na residência, além disso, ficava exposto ao Sol, o que pode ter facilitado para que a mangueira condutora do gás ficasse ressecada, consequentemente provocando o rompimento e o vazamento.

Esta é a terceira ocorrência de incêndio atendida pelo Corpo de Bombeiros de Coxim somente nesta semana. No dia 31 de dezembro, um princípio de incêndio causado durante a fritura utilizando banha de porco deixou os moradores de uma residência na rua 11 de Abril , no bairro Flavio Garcia, bastante assustados.

Nesta terça-feira (1º), o  Soldado P Silva do Corpo de Bombeiros estava de folga e passava pela avenida Filinto Muller, no centro de Coxim, quando verificou a presença de grande quantidade de fumaça saindo de uma residência. O portão da casa estava trancado, devido o morador possuir deficiência visual.

O Soldado P Silva pulou o muro e com o uso de baldes e um cobertor conseguiu resfriamento e realizar o abafamento contendo as chamas que estavam consumindo o colchão de um dos cômodos. Quando a guarnição dos Bombeiros chegou já estava tudo controlado e coube ela fazer o rescaldo.

Alerta
Faça instalação da central de gás ou botijão na área externa da construção com a supervisão de profissional habilitado (engenheiros e arquitetos);

Observe a data de validade da mangueira de gás e dos reguladores de pressão; faça a troca quando necessário;

Faça verificações periódicas das conexões em busca de vazamentos (nunca faça a verificação com uso de fósforos ou isqueiros);

Evite manuseio desnecessário da válvula do botijão;

Adote a rotina: quando entrar em casa, só acenda as luzes ou use o celular quanto tiver certeza que não há vazamento (o cheiro é o principal indicador);

Quando se tratar de condomínios residenciais ou comerciais, jamais utilizar botijão na área interna;

Observe o comprimento máximo das mangueiras de ligação de aparelhos a gás no interior das edificações (máximo de 1,25m);

O uso de GLP para demais usos residenciais também precisa de cuidados especiais:

Aquecedores: é proibido no interior das edificações e requer a existência de ventilação adequada e dimensionamento correto por profissional habilitado;Lareiras e churrasqueiras: são necessários cuidados e manutenções adequadas;

O uso de recipientes do tipo P2 (os populares “liquinhos”) é proibido;

Uso de “fogareiros” é perigoso e requer os mesmos requisitos como para os fogões residenciais.

Não permita a passagem de mangueiras de condução de gás por trás do fogão, ou que passam por locais que possibilitem contato com superfícies aquecidas.

Cuidados em caso de possível vazamento:

Se o botijão estiver na área externa da casa, coloque espuma junto à válvula e observe a formação de bolhas;

Se o botijão estiver dentro de casa, saia imediatamente e retire as pessoas, desligue a energia elétrica na caixa externa.

Se possível, ventile o local, proporcionando abertura de portas e janelas.

Em qualquer dos casos, chame os Bombeiros através do 193.

print

Comments

comments