Coxim, MS
9 de novembro de 2018
Plantão
67 9 9659 6042

Avançar sinal e usar celular são as infrações mais comuns entre os motoristas

Avançar o sinal vermelho e utilizar o celular são os comportamentos dos motoristas de Campo Grande que mais resultam em multas. Entre o dia 1º de janeiro e 6 de novembro, por exemplo, foram 1022 infrações relacionadas ao uso do telefone e outras 1515 por desrespeito à sinalização. Os dados são do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPTran).

O subcomandante do BPTran, capitão Willian Silva do Nascimento comentou que, o uso do aparelho celular é uma das principais preocupações “por deixar os motoristas desatentos em relação ao trânsito”. E, segundo ele, a falta de atenção é uma das principais causas de acidente.

Usar o celular ao volante é infração gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com multa estipulada em R$ 283,47, além de sete pontos anotados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

“Mesmo com a mudança da legislação que visa coibir de forma mais onerosa o condutor que segura ou manuseia o celular, o comportamento não tem sofrido mudanças, causando riscos à segurança no trânsito, seja a utilização por motoristas, motociclistas ou pedestres”, lamentou Nascimento.

A falta de utilização do cinto de segurança  a formação de fila dupla resultaram em outras 749 e 60 multas neste ano, respectivamente.

RADARES

Uma ação realizada pelo Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPTran)  na manhã de hoje na avenida Duque de Caxias com a utilização de radares móveis flagrou 79 motoristas dirigindo em alta velocidade em apenas uma hora. O limite de velocidade permitida na via é de 50 km/h, mas teve motorista flagrado até a 92 km/h.

Conduzir em velocidade superior em até 20% da permitida é considera infração média, o motorista perde 4 pontos na CNH e é multado em R$ 130,16; entre 20% a 50% é infração grave e a multa é de R$ 195,23; já acima de 50% a infração é gravíssima e a multa é R$ 880,41, além da suspensão da CNH. (Colaborou
Glaucea Vaccari)

print

Comments

comments