Coxim, MS
22 de outubro de 2018
Plantão
67 9 9659 6042

Maior organismo vivo da Terra está desaparecendo

Maior organismo vivo da Terra é, na verdade, uma colônia de árvores geneticamente idênticas que compartilha um mesmo sistema de raízes. (Wikimedia Commons/Wikimedia Commons)

O maior organismo vivo da Terra está desaparecendo — e a culpa é, em parte, de uma população crescente de cervos. O caso foi relatado em um artigo no PLOS One e a vítima é uma espécie de colônia de árvores geneticamente idênticas, da espécie álamo-trémulo. Elas compartilham um mesmo sistema de raízes e são, na verdade, “ramificações” de um único organismo geneticamente macho, chamado Pando, que vive há mais de 80 mil anos em uma floresta em Utah, nos Estados Unidos.

O gigante está com problemas basicamente porque não consegue mais se reproduzir em velocidade suficiente para crescer. Seus ramos, como qualquer árvore, nascem, crescem e eventualmente morrem. As partes falecidas são normalmente substituídas por novos brotos, mas a maior parte deles não consegue mais crescer como antes. O estudo assinado pelos especialistas norte-americanos Paul C. Rogers e Darren J. McAvoy estima que o Pando não cresceu nada entre os últimos 30 a 40 anos.

A lista de culpados não tem apenas o número crescente de cervos. Os animais têm, sim, sua parcela de culpa no caso, já que comem os brotos do organismo. Mas o problema maior é a interferência humana, que tem ajudado o total deles a aumentar. A caça deles é proibida na região onde está o Pando, como lembra uma reportagem do Popular Science, e também não há predadores suficientes para conter o crescimento.

Para completar o caso, a população cada vez maior de pessoas nos arredores tem trazido consigo criações de gado, que também podem ser alimentar das jovens ramificações.

A falta de crescimento do maior organismo vivo da Terra foi determinada pela dupla de especialistas com base em uma série de fotos aéreas tiradas nos últimos 72 anos. Há algumas soluções para conter uma possível extinção do Pando, no entanto. Uma delas, de curto prazo, é cercar a área. No longo, os especialistas indicam até mesmo caça profissional para conter o aumento populacional de cervos na região.

print

Comments

comments