Coxim, MS
3 de outubro de 2018
Plantão
67 9 9659 6042

Em uma hora choveu 35,6 mm e ventos atingiram 62 km/h em Campo Grande

Foto: Whatsapp

A tempestade que atingiu Campo Grande na tarde desta quarta-feira (3) causou estragos por todos os cantos da cidade. Áreas ficaram alagadas, árvores caíram, carros foram arrastados pela força das águas e moradores ficaram sem energia elétrica.

Segundo informações do meteorologista Natálio Abrãao, em menos de uma hora choveu 35,6 milímetros na Capital e temperatura despencou onze grau. Antes da chuva, termômetros marcavam 32°C e após início da tempestade, temperatura registrou 21°C.

Ainda conforme informações do meteorologista, uma forte ventania também chegou a atingir a cidade, com rajadas de ventos de até 62 km/h.O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) havia antecipado que, com a chegada de uma frente fria no sul do Estado, o tempo iria ‘virar’, e uma forte tempestade poderia atingir as cidades de Mato Grosso do Sul.

A previsão do tempo não descarta que novas trovoadas atinjam os municípios e moradores devem ficar em alerta.

Chuva forte

A forte chuva que atingiu a cidade na tarde desta quarta-feira (3) arrastou carros, derrubou árvores e alagou casas, ruas e avenidas e levou o caos para a cidade. Em pouco mais de 30 minutos de chuva, os estragos eram muitos e várias equipes do Corpo de Bombeiros tiveram de atender pessoas que ficaram ilhadas em carros ou estão em áreas de alagamento.

As informações indicavam que os carros foram arrastados pela enxurrada nas ruas Giocondo Orse, Rio Negro e Canção Nova, no Nova Lima, e Avenida Ernesto Geisel com a Rachid Neder.

Na esquina da Rua 15 de Novembro com Bahia, uma árvore caiu sobre dois carros. Havia registro de alagamento na Rua 25 de Dezembro com a Rachid Neder.

O córrego Prosa, na Avenida Ricardo Brandão, transbordou e alagou a via. Motoristas tiveram que redobrar a atenção. Comerciantes chegaram a fechar a avenida com carros para evitar que motoristas entrassem na rua.

Na região Central, na avenida Afonso Pena e ruas Espírito Santo e Paraíba,  muitos galhos foram arrancados e estão espalhados pela rua. Há registro de quedas de árvores no Parque dos Poderes, Avenida Mato Grosso.

print

Comments

comments