Coxim, MS
13 de setembro de 2018
Plantão
67 9 9659 6042

Campus Coxim do IFMS oferece programas que apoiam formação de professores

Foto: Maikon Leal / Coxim Agora

Neste segundo semestre, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) iniciou a oferta do Programa de Residência Pedagógica, destinado a acadêmicos dos cursos superiores de licenciatura da instituição. O programa, que integra a Política Nacional de Formação de Professores, busca aperfeiçoar o estágio curricular supervisionado.

O Campus Coxim, que oferta a licenciatura em Química, é o primeiro do IFMS a abrir turma da Residência Pedagógica.

O programa tem como público-alvo estudantes da segunda metade da licenciatura. Os acadêmicos têm a oportunidade de conhecer a prática profissional, desenvolvendo atividades de ensino e aprendizagem em escolas parceiras.

“Inicialmente, é oferecido um curso de formação, depois o estudante passará para as demais etapas, quando terá oportunidade de observar aulas e reuniões, podendo ainda desenvolver atividades letivas diversas, culminando na possibilidade de reger uma sala de aula”, destacou o coordenador do programa, Hygor de Oliveira.

Por meio dos editais nº 052/2018 e 053/2018, o IFMS ofertou 24 vagas para estudantes da licenciatura em Química e três vagas para professores preceptores do programa, nos municípios de Coxim, Pedro Gomes e Rio Verde de Mato Grosso.

Os professores preceptores acompanham as atividades desenvolvidas pelo acadêmico na escola parceira.

O valor das bolsas destinadas aos acadêmicos é de R$ 400,00 mensais, já o professores recebem R$ 765,00. As bolsas, concedidas por até 18 meses, são  custeadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A estudante da licenciatura em Química, Daiane Aguilera, é uma das aprovadas no processo seletivo.

“A Residência Pedagógica soma ao nosso curso por abrir esta oportunidade de uma primeira experiência como docente. Muitas vezes, o aluno sai da licenciatura sem nunca ter entrado em uma sala de aula com todas as responsabilidade de um professor”, ponderou a acadêmica.

O coordenador da Residência Pedagógica destaca os benefícios para o acadêmico ao participar do programa. “Pode melhorar a regência dos licenciados em sala de aula, além de contribuir para a permanência e êxito dos estudantes”.

Pibid – Desde 2014, o IFMS oferta o Programa de Iniciação à Docência (Pibid), que também concede bolsas aos estudantes da licenciatura que realizam a prática profissional em escolas públicas.

O programa é destinado aos acadêmicos da primeira metade dos cursos superiores de licenciatura em Química, ofertado em Coxim, e de licenciatura em Computação, oferecido pelo Campus Jardim.

Em Coxim, 58 estudantes de Química já passaram pela Iniciação à Docência, sendo que 24 participam neste momento.

Para Michelly Moraes, que já se formou, a participação no programa foi fundamental para que se decidisse pela carreira. “No início da faculdade, eu não queria exercer a profissão, mas ao conhecê-la melhor com o Pibid, optei pela docência e hoje sou professora da rede estadual de ensino”, contou.

Os estudantes de licenciatura que fazem parte do Pibid recebem bolsa mensal de R$ 400,00. A seleção é feita por meio de editais publicados na Central de Seleção do IFMS. Acadêmicos não-bolsistas também podem participar.

O coordenador do Pibid, professor Alex Faria, explica que o licenciando tem o primeiro contato com a sala de aula, executando atividades de auxílio, contextualização e incentivo ao ensino da disciplina.

“Os estudantes desenvolvem atividades inovadoras, utilizando recursos e ferramentas diversas, incluindo tecnologias de informação e comunicação, jogos e outros, visando o estímulo aos conteúdos administrados na disciplina de Química no ensino médio”, explicou.

Dentro dessa perspectiva, as principais ações do Pibid são:

  • o estudo transdisciplinar e de aprofundamento de conteúdos de Química utilizando novas tecnologias;
  • a confecção e aplicação de jogos didáticos para o ensino da matéria;
  • a aprendizagem de conceitos de ciências por meio de trilhas interpretativas;
  • a superação de obstáculos epistemológicos no ensino de Química; e
  • a modelagem e construção de modelos para o ensino de Química.

As regras do Pibid constam no Regulamento do Programa de Iniciação à Docência do IFMS.

Licenciaturas – A Lei de Criação dos Institutos Federais define que a oferta de cursos de licenciatura, bem como de programas especiais de formação pedagógica com vistas à formação de professores para a edução básica, são finalidades das instituições.

Mais informações sobre as licenciaturas oferecidas pelo IFMS constam nas páginas da licenciatura em Química e da licenciatura em Computação.

print

Comments

comments