Coxim, MS
14 de janeiro de 2018
Plantão
67 9 9659 6042
Tribus Conveniência Nova logo

Agricultores viram ‘profetas’ e fazem previsão para chuva no sertão do CE

Foto: Reprodução/TVGlobo

No interior do Ceará, alguns agricultores e profetas do tempo já estão fazendo as previsões para a temporada de chuva no sertão.

Há muito tempo, o comerciante João Soares não vê o açude cheio. O Cedro foi construído por ordem do imperador Dom Pedro II. Hoje, ele está hoje com menos de 1% da capacidade. Seu João espera uma previsão animadora dos profetas da chuva. “Quando o cliente tem o milho, tem o feijão, tem o algodão, tem a verdura dentro de casa, esse dinheiro vai para o comércio”, conta.

Os profetas da chuva buscam na paisagem sinais que possam trazer esperança para o homem do sertão. Se o cupim tem asas longas, quer dizer que está pronto para voar e vai chover logo. Se não, o período chuvoso vai demorar. Todo ano, eles recebem a missão de traduzir a natureza.

Para o agricultor Erasmo Barreira, tudo depende dos animais e das plantas. “O juazeiro está indicando que vai haver um bom inverno, mas a partir de fevereiro em diante”, prevê.

O profeta Josué Viana busca respostas no céu, na esperança de enxergar nuvens de chuva. “Esse ano eu tenho a experiência que tem marcando de um bom inverno, de seis meses de inverno a mais”, aponta o agricultor.

Os profetas do campo se reuniram para anunciar as previsões para 2018. Após seis anos de seca, o povo do sertão espera que a natureza envie seu melhor sinal de mudança. “A chuva é uma coisa que traz, aqui para nós, uma riqueza grande. A chuva, a água é coisa de Deus! Nós, sem água, não podemos viver”, afirma Josué.

Imprimir

Comentários